• Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
Buscar
  • fodaxman

Orientação e apoio na etapa de ciclismo

POR A etapa de ciclismo é a mais longa da prova e passa pelo território de nove municípios na serra catarinense. Neste post vamos explorar um pouco este segmento da prova e passar algumas orientações importantes já constantes do regulamento. O fundamental é saber que os 173 km de percurso não são balizados nem tem trânsito de veículos interrompido, ou seja, é responsabilidade do atleta e supporter percorrerem o caminho correto com base nos mapas disponíveis no site, garmin track file e roadbook fornecido pela organização. Para que esta etapa ocorra com tranquilidade é importante ter em mente os 3 pontos críticos de orientação do percurso, basicamente o acesso à cidade de Criciúma e dois trevos no acesso à Lauro Muller, no pé da Serra do Rio do Rastro.


Além disso atleta e supporter devem combinar claramente as estratégias de abastecimento e comunicação, lembrando sempre das regras constantes no regulamento. A melhor forma é o supporter se adiantar alguns km para esperar seu atleta passar e seguir desta forma durante o percurso, sempre tendo consciência da localização do atleta, porém sem acompanhar o ciclista com carro em situação de bloqueio da via, ação que é passível de desclassificação.


É importante lembrar que a partir desta edição, teremos segmentos de apoio proibido no ciclismo, onde o atleta não poderá receber apoio e os carros de suporte não poderão parar. Trata-se do primeiro trecho de 25 km até Criciúma e dos dois segmentos com fortes descidas, especificamente entre o mirante da Serra do Rio do Rastro e a cidade de Bom Jardim da Serra e os 12 km finais da descida de Urubici. Teremos também um segmento com pontos de apoio preferenciais indicados no roadbook e outro segmento livre, além do trecho da Rio do Rastro onde os pontos de apoio são pré determinados, conforme imagem abaixo:


Perfil altimétrico e segmentos de apoio

É preciso muita atenção à estratégia de abastecimento na Serra do Rio do Rastro, pois existem três pontos de apoio permitido nos 17 km de subida, sendo último a 6 km do topo. Hidratem-se e controlem muito bem a temperatura nestes pontos.


Um tópico importante que merece toda atenção durante o planejamento é o abastecimento dos atletas. Por razões óbvias de segurança é proibido abastecer o atleta a partir do carro, seja em movimento ou parado. O supporter deve entregar todo e qualquer material, suplemento ou hidratação estando fora do carro com o carro estacionado fora da via. Atitudes contrárias geram desclassificação imediata. E obviamente todos os cuidados com o trânsito devem ser tomados, com respeito às leis e regras de segurança, por tratar-se de uma prova com percurso aberto à circulação normal de veículos.


Bons treinos !



ENG


The bike leg is the longest and goes through nine municipalities in Santa Catarina. In this post we will explore this segment of the race and pass some important guidelines already contained in the rules.


Important to know that the 173 km of the route are not marked or have interrupted vehicle traffic, it is the responsibility of the athlete and supporter to travel the correct path based on the maps available on the site, garmin track file and roadbook provided by the organization.


For this stage to occur smoothly it is important to keep in mind 3 critical points of navigation on the route, basically the access to the city of Criciúma and two clovers in the access to Lauro Muller, at the foot of the Serra do Rio do Rastro.


In addition, athlete and supporter must clearly agree on supply and communication strategies, always remembering the rules. The best way is the supporter to go for a few kilometers to wait for his athlete to pass and follow this way during the course, always aware of the athlete's location, but without accompanying the cyclist with a car in a road block situation, an action that can lead to disqualification.


It is important to remember that from this edition we will have forbidden support segments in cycling, where the athlete will not be able to receive support and the support cars will not be able to stop. This is the first 25 km stretch to Criciuma and the two segments with strong descents, specifically between the lookout point of Serra do Rio do Rastro and the city of Bom Jardim da Serra and the final 12 km of Urubici descent. We will also have a segment with preferred support points indicated in the roadbook and another free segment, besides the Rio do Rastro stretch where the support points are predetermined, as shown below:



Pay close attention to the supply strategy in the Serra do Rio do Rastro, as there are three points of support allowed in the 17 km climb, the last one being 6 km from the top. Hydrate and control the temperature very well at these points.


An important topic that deserves all attention during planning is the supply of athletes. For obvious safety reasons it is prohibited to fuel the athlete from the car, whether moving or stationary. The supporter must deliver any and all material, supplement or hydration while being out of the car with the car parked off the track. Contrary attitudes lead to immediate disqualification.


Of course, all traffic precautions must be taken with respect to safety laws and rules, as it is a race open to normal vehicle traffic.


Good training !

261 visualizações