• Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
Buscar
  • Rafael

A natação do FODAXMAN

Atualizado: 11 de Jul de 2019

A natação do Fodaxman é única em vários aspectos, A largada e boa parte do percurso acontece à noite, na mais completa escuridão - uma represa cercada de montanhas verdes por todos os lados. Já que estamos falando de represa, a água obviamente é doce e menos densa do que a água do mar, portanto o empuxo é menor (o atleta afunda mais facilmente, ou flutua mais dificilmente, tanto faz).


Apesar da distância ser aproximadamente a mesma das provas full distance, não é a igual: são 4000 m oficiais. Outro fator importante é a temperatura da água, que tipicamente é alta.


A represa inundou uma vila e deixou acima da linha dágua a torre da igreja. Somada à paisagem, a torre torna o visual do percurso na natação algo épico, único e por vezes intimidador. Por último, podemos dizer que há uma grande diferença na largada: são poucos atletas, e não há a muvuca tradicional. Por outro lado. não é tão fácil achar uma boa esteira para economizar energia: as opções de atletas com ritmo pouco superior ao seu para um bom draft são limitadas.


Em alguns casos os atletas não dão muita atenção à primeira modalidade do triathlon ou fazem um planejamento mínimo. Não acreditamos que seja o caso de usar esta estratégia na prova.


Recomendamos fortemente nadar em situações semelhantes para tentar se habituar ao máximo às condições da prova. Isso inclui nadar a noite, de preferência com nada a vista a não ser uma fonte de luz a ser usada como alvo da navegação. Testar diferentes roupas (com e sem mangas) também é interessante. Nadar um pouco a mais que o normal para a distância também é interessante, já que a distância não é realmente a mesma das provas full distance e ainda por cima a água doce pode tornar as coisas mais lentas. O tempo da natação é pequeno comparado ao tempo total de prova, mas deve-se lembrar que há um limite de duas horas e vinte minutos e o desgaste desta etapa será somado ao (enorme) desgaste do restante do dia. Uma quantidade razoável de energia e transpiração é utilizada nesta etapa sem que percebamos.


A última dica que podemos dar é treinar bastante a orientação em águas abertas. Nadar em zigue zague acrescentando metros e cansaço à prova ou sacrificando a paz da coluna lombar por falta de experiência pode ser crítico, especialmente quando tem-se uma serra do rio do rastro para pedalar pela frente.


Bons treinos !



Foto de longa exposição

Largada. É assim mesmo :-)

147 visualizações